Contato: (83) 3034-6420 / (83) 99999-4098

Catarata é a causa principal de perda visual a partir dos 55 anos

catarata

Denominada catarata senil, problema ocorre devido ao envelhecimento do cristalino

Em cada etapa da vida, as pessoas ficam mais propensas a desenvolver diferentes tipos de doenças. Uma que pode vir com a idade avançada é a catarata. Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) apontam que a catarata é uma das principais causas de cegueiras do mundo, principalmente entre os idosos. De acordo com a OMS, a doença atinge a maioria das pessoas acima de 55 anos, porém apenas uma pequena porcentagem necessita de cirurgia (17% das pessoas entre 55 e 65 anos, 47% das que têm entre 65 e 75 anos e 73% das que têm mais de 75 anos). No Brasil, estima-se que a catarata é responsável por cerca de 350 mil casos novos de cegueira por ano, sendo 18 milhões em todo o mundo.

A catarata é uma opacidade do cristalino, lente situada atrás da íris, cuja transparência permite que os raios de luz o atravessem e alcancem a retina para formar a imagem. Com o envelhecimento, o cristalino torna-se opacificado e compromete a visão causando baixa de visão ou cegueira reversível. Alguns fatores, no entanto, podem acelerar a formação da catarata, dentre eles: diabetes, inflamações crônicas do olho, trauma, histórico familiar, uso de corticóides via oral ou tópicos, exposição à radiação, fumo, cirurgia oftalmológico prévia ou exposição excessiva a raios ultravioleta. O principal sintoma é a baixa percepção visual, descrita pelo paciente como uma sensação de visão turva ou nublada.

Tratamento 

O único método conhecido hoje de curar a catarata ainda é por meio de uma cirurgia. O tratamento cirúrgico da doença consiste na substituição do cristalino opaco por uma lente artificial. Um aparelho aspira o conteúdo interno do cristalino e injeta-se uma lente transparente no lugar do cristalino.  Na maioria dos casos, o paciente pode ficar independente dos óculos ou lentes. Atualmente, existe uma grande variedade de técnicas e lentes intraoculares com este objetivo. Existem lentes intraocules chamadas de monofocais, com foco só para longe ou só para perto, o que faz dos óculos ainda imprescindíveis. Mas há também as lentes intraoculares multifocais, bifocais ou pseudoacomodativas, que permitem a visão de perto, a meia distância e de longe sem a necessidade de uso de óculos em 80% dos pacientes. É importante lembrar que nem todos os indivíduos com catarata têm o perfil para este tipo de implante, portanto, o médico deve ser consultado para analisar essa possibilidade.

Fonte : http://www.portaldaoftalmologia.com.br/site/site2010/index.php?option=com_content&view=article&id=2230:catarata-e-a-causa-principal-de-perda-visual-a-partir-dos-55-anos&catid=41:noticias&Itemid=77
Amil
Conab
Amil
Bradesco Saúde
Sul América
Caixa Seguros Saúde